enxaqueca

Enxaqueca: Tudo o que você precisa saber

A enxaqueca é a sexta doença mais incapacitante do mundo e mais da metade das pessoas sofre com ela sem ao menos ter um diagnóstico.

O QUE É A ENXAQUECA?

A enxaqueca é um dos tipos da cefaleia, nome científico para as dores de cabeça. A doença neurológica tem aspectos genéticos, ou seja, é comum que  pessoas da mesma família sofram com a doença, e é crônica, isto é, não tem cura.

Para algumas pessoas, a enxaqueca é só um sinônimo de dor de cabeça, mas não é bem assim. São problemas distintos, pois a dor da enxaqueca
é bem mais forte que a da dor de cabeça comum e, muitas vezes, é acompanhada de outros sintomas, como náusea, vômito e sensibilidade à luz e ao som.

Por ser bastante incômoda e repleta de outros sintomas desagradáveis e desgastantes, a enxaqueca pode ser considerada incapacitante em determinados casos, o que pode afetar tanto a vida pessoal quanto a profissional. Se não tratada, é um verdadeiro perigo para o bem-estar e qualidade de vida da pessoa.

COMO  É A DOR DA ENXAQUECA?

Pessoas que não sofrem com a enxaqueca costumam dizer que não deve ser um sofrimento tão grande assim, mas a verdade é que esse problema é considerado tão grave a ponto de ser, segundo a OMS, a sexta doença mais incapacitante do mundo.

É comum achar que a enxaqueca é uma dor que nunca passa, nem mesmo com o auxílio de remédios que são usados frequentemente para o tratamento
das dores de cabeça.

Mas como é essa dor?

A enxaqueca não é como a dor de cabeça comum. Ela costuma começar na metade da cabeça como uma dor fraca e latejante, até que vai ficando mais
forte com o passar das horas.

QUAL É A CAUSA DA ENXAQUECA?

Agora que você sabe o que é a enxaqueca, chegou o momento de descobrir sua causa. Ainda não se sabe ao certo a verdadeira causa da doença, mas já é de conhecimento público que as pessoas que têm esse problema podem sofrer com crises quando existem fatores genéticos e ambientais ligados a ele.

Portanto, pessoas com uma predisposição genética têm mais facilidade para apresentar os sintomas, assim como há uma influência ambiental que não pode ser ignorada quando se faz o diagnóstico com o neurologista, o médico que trata a enxaqueca.

É suposto que as pessoas que apresentam enxaqueca em seu quadro clínico tenham o sistema nervoso mais sensível a alguns estímulos do que as demais. E, visto que essas células nervosas são mais estimuladas, enviam impulsos para várias estruturas, até aos vasos sanguíneos, o que, depois de outros processos, causam a dor.

Algumas vezes, a dor de cabeça tem mais de um componente e pode ser classificada como mista.

Quando uma pessoa com enxaqueca crônica passa por um episódio de sinusite, por exemplo, pode ter componentes das duas condições. Isso também pode acontecer com episódios de estresse, insônia, problemas de coluna, e muitas outras doenças ao longo da vida.

Enxaqueca Crônica e a Dor que Nunca Passa

ebook-enxaquecaÉ estimado que atualmente metade das pessoas que têm crises de enxaqueca ainda não tenha sido diagnosticada por um médico.

Isso significa que uma quantidade enorme de pessoas convivem diariamente com a enxaqueca e não sabem disso.

A enxaqueca é um problema sério e, apesar de não haver cura, tem tratamento e o acesso à informação é importantíssimo para melhorarmos a qualidade de vida de várias pessoas. Se você quer saber mais sobre a enxaqueca, baixe nosso e-book completo sobre o assunto, clicando aqui.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário