6-dicas-valiosas-para-quem-sofre-com-enxaqueca

6 dicas valiosas para quem sofre com Enxaqueca

A enxaqueca é uma alteração neurológica muito comum, que pode acometer pessoas de todas as idades, especialmente as mulheres – a população feminina é acometida cerca de quatro vezes mais do que a masculina, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Os sintomas variam de pessoa para pessoa e podem incluir náusea, tontura e sensibilidade à luz e ao barulho. A enxaqueca pode ainda parecer com outras dores de cabeça e ser confundida, dificultando e atrasando o tratamento mais apropriado.

Como as crises podem acontecer com certa frequência e costumam ser intensas, é importante encontrar maneiras de lidar com o problema, diminuindo sua incidência e minimizando a dor. Para te ajudar, separamos algumas dicas simples, que podem fazer toda a diferença na sua rotina.

Tenha um diário da dor

A enxaqueca está, frequentemente, associada a alguns hábitos e identificar possíveis causas do problema pode te ajudar a evitar ou reduzir as crises conforme a rotina. Pode ser alguma coisa que você comeu ou uma noite mal dormida, por exemplo.

Por isso, uma boa ideia é anotar em algum lugar o que pode ter acontecido no dia da dor, assim como sua intensidade e os sintomas. Essas informações também ajudam ao médico no diagnóstico da doença e indicação de um tratamento mais eficaz para cada caso.

Faça exercícios físicos

Pode parecer repetitivo dar essa dica, já que todos sabemos que evitar o sedentarismo é bom para a saúde, de forma geral. Mas, no caso específico da enxaqueca, os exercícios são especificamente bons porque ajudam a aliviar a tensão e o estresse, que podem ser gatilhos para as crises.

Mexer o corpo também costuma ser bom para melhorar a qualidade do sono e dormir bem é uma dica extra para lidar com a enxaqueca (ter horários certos para deitar e levantar também ajuda). Tente criar uma rotina do sono, isso pode te ajudar muito.

Evite a automedicação

Não tratar o problema de forma correta pode fazer com que ele se agrave. Além disso, tomar qualquer analgésico com frequência pode ser um tratamento errado ou inadequado, fazendo com que você fique tolerante ou até dependente de alguns remédios.

A enxaqueca é uma doença que tem tratamento específico e um especialista pode dizer qual é o mais indicado para o seu caso.

Evite alguns alimentos

Alguns alimentos podem desencadear crises e aí voltamos lá na primeira dica: é importante saber quais são eles para o seu caso – e evitá-los.

Em geral, café, bebidas alcoólicas, carne vermelha, chocolate e alimentos muito processados ou com grandes quantidades de glúten e açúcar podem desencadear crises. Eles não são proibidos, mas vale evitá-los sempre que possível.

Não fume

Essa é outra dica de saúde geral, mas muito válida para esse caso. O cigarro pode piorar qualquer dor de cabeça, especialmente as enxaquecas.

Relaxe

A tensão e o estresse são causas comuns das crises de enxaqueca e, por isso, qualquer atividade que te ajude a relaxar é uma importante aliada. Pode ser ótimo incluir na sua rotina atividades como meditação, yoga ou musicoterapia, por exemplo.

As massagens relaxantes também podem ser muito boas, inclusive durante as crises, pois elas ajudam a melhorar a circulação, o que pode aliviar a dor.

Quer saber mais sobre a enxaqueca? Temos um e-book completinho sobre o tema feito especialmente para você. Para baixá-lo, clique aqui.

1 comentário

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário