Conheça os fatores de risco para aparecimento de varizes

Conheça os 4 principais fatores de riscos que aumentam as varizes

Varizes costumam incomodar muitas pessoas devido à sua aparência, mas principalmente por conta da dor causada. Existem inúmeros fatores de risco que aumentam seu aparecimento e um dos mais comuns é a genética. Porém, não é o único.

Há outras razões para o surgimento de varizes nos membros inferiores.

Essa dilatação ocorre quando existe uma disfunção na válvula que controla o fluxo sanguíneo. Com isso, param de funcionar e, sem forças para voltar, o sangue se acumula nas veias.

Neste artigo, vamos mostrar quais são os maiores fatores de riscos que aumentam as varizes e ajudar você a prevenir esse problema. Acompanhe!

O que são varizes?

São veias dilatadas e em formatos variados, que se desenvolvem abaixo da pele, podendo ser de diferentes calibres. Qualquer veia do corpo pode se tornar uma variz, porém, o mais comum é acontecer nas pernas.

Isso ocorre, pois a pressão nesses membros costuma ser maior, afinal, passamos muito tempo de pé ou sentados.

Em alguns casos, pode ser um problema estético, mas em outros, uma variz pode causar dor e incômodo.

Primeiros sintomas

Quando as varizes começam a se manifestar, pode ser que venham acompanhadas de alguns sintomas, tais como:

  • Coceira
  • Inchaço
  • Câimbra
  • Cansaço nas pernas

De acordo com o Ministério da Saúde, as varizes são mais comuns em mulheres, por causa de fatores hormonais da gestação, menstruação e menopausa.

As quatro principais causas das varizes

Pílulas anticoncepcionais

A progesterona, além de outros hormônios, favorece o aparecimento das varizes. Esses hormônios são encontrados nos remédios anticoncepcionais e, com isso, os vasos precisam se esforçar mais para trabalhar, ficando mais vulneráveis às varizes.

Gravidez

A disfunção hormonal e o excesso de peso, causados pela gestação, contribuem para o aumento das chances de desenvolver varizes. Isso ocorre mesmo em mulheres que nunca tenham tido esse problema.

Mas, fique tranquila, na maioria dos casos, elas desaparecem ao final da gravidez.

Sedentarismo

Um dos principais fatores de risco é o sedentarismo. O exercício físico melhora a circulação no corpo, portanto, a falta de atividade física piora a circulação, aumentando as chances de desenvolver varizes.

Obesidade

A obesidade pode causar mais pressão sobre as veias e, dessa forma, elas precisam de força extra para conseguir trabalhar e enviar o sangue de volta ao coração. Os vasos sentem essa sobrecarga e, com o tempo, acabam perdendo sua elasticidade.

Outros fatores

Além desses fatores, que são mais comuns, existem outros fatores:

  • Idade avançada
  • Histórico de casos na família
  • Doenças no fígado
  • Problemas cardíacos
  • Histórico de trombose venosa profunda
  • Fístulas arteriovenosas

Conclusão

Alguns cuidados podem ajudar na prevenção das varizes, porém, é preciso estar atento a todos os fatores de risco e buscar uma mudança de comportamento.

A prática de exercício físico e uma rotina de hábitos saudáveis, com alimentação balanceada, sem uso de cigarro ou outro narcótico, são formas de preveni-las e cuidar melhor da sua saúde.

Além disso, ao ter alguns desses sintomas, busque ajuda de médicos especialistas e que poderão passar o diagnóstico correto. Um médico Angiologista ou Cirurgião Vascular são os mais recomendados para tratá-las.

Quer saber mais sobre dicas de saúde? Não deixe de acompanhar o nosso blog

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário