Quais-as-principais-diferenças-entre-a-gripe-H1N1-e-uma-gripe-comum

Quais as principais diferenças entre a gripe H1N1 e uma gripe comum?

Embora os sintomas sejam semelhantes, é importante estar atento às principais diferenças entre a gripe H1N1 e uma gripe comum. Ambas as doenças são provocadas por um vírus de nome idêntico: o influenza.

No Brasil, o vírus influenza, responsável pelos sintomas relacionados à gripe, se divide em três tipos: A, B e C. O influenza A, por sua vez, possui subtipos, sendo um deles o H1N1, que desencadeou uma pandemia em meados de 2009.

Entre os sintomas mais recorrentes é possível citar a coriza, febre alta, dor de cabeça e de garganta, tosse seca e cansaço. Continue a leitura para entender quais as principais diferenças entre a gripe H1N1 e uma gripe comum.

O que é a gripe comum?

De modo geral, a gripe comum se inicia com febre alta, seguida de dores musculares e garganta, tosse seca e sensação de cansaço. Os sintomas mostram-se mais severos nos primeiros dias.

A febre poderá durar cerca de três dias, enquanto os sintomas respiratórios podem se manter após o desaparecimento do quadro febril. A progressão da doença é por tempo limitado e é possível contrair a gripe comum diversas vezes ao longo da vida

A gripe H1N1 

O NOVO subtipo viral H1N1 foi identificado na cidade do México em 2009 e teve sua origem associada às infecções virais em porcos, razão pela qual ficou conhecida como “gripe suína”. Os sintomas, embora parecidos com os da gripe comum, apresentam-se mais graves.

Além disso, podem piorar doenças respiratórias preexistentes, podendo ser relatados vômitos, diarreia e falta de ar. O diagnóstico é realizado através de teste laboratorial em hospitais e farmácias, uma vez que a diferenciação entre a gripe H1N1 e uma gripe comum não é instintiva.

Diferenças entre a gripe H1N1 e uma gripe comum

A gripe H1N1 apresenta sintomas intensos se comparados aos da gripe comum e pode levar a complicações severas e até mesmo fatais, se não tratada. Felizmente, assim como a gripe comum, possui vacina indicada para a prevenção.

Gripe H1N1

  • Febre acima de 39ºC;
  • Dor de cabeça intensa;
  • Dores musculares intensas;
  • Tosse e calafrios contínuos;
  • Irritação intensa nos olhos;
  • Congestão nasal leve ou inexistente;
  • Cansaço extremo.

Gripe comum

  • Febre até 39ºC;
  • Dor de cabeça moderada;
  • Dores musculares moderadas;
  • Tosse e calafrios de menor intensidade;
  • Irritação leve nos olhos;
  • Congestão nasal alta;
  • Cansaço moderado.

Como se prevenir da gripe H1N1 e gripe comum?

A prevenção possui os mesmos passos para ambas as doenças. É recomendado higienizar as mãos com frequência (lavagem ou fricção com álcool gel a 70%), além de evitar o contato com pessoas infectadas. Fora isso, evitar o compartilhamento de objetos de uso individual, como copos e talheres.

É importante ficar atento aos grupos de risco como gestantes, crianças abaixo de cinco anos, idosos acima de 60 anos, pacientes com doenças crônicas e com deficiência imunológica. Se apresentados os sintomas, o médico deverá ser procurado, para exame físico e possibilidade de realizar teste específico.

Vacina contra H1N1 e gripe

Além dos cuidados preventivos, é importante que a vacina seja tomada anualmente, por todas as pessoas, sobretudo as que representam os grupos de risco acima citados. A imunização tem uma validade de 12 meses, isto devido a que o vírus é muito mutagênico e muda anualmente as características.

Apresenta algum dos sintomas citados acima? Não espere mais e agende a sua consulta no Hospital Anchieta clicando aqui!.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário